Juliana Medeiros

Reflexões

Nem tudo que reluz é ouro!

Publicado às 17/05/17 16h28         1269

Não existe uma fórmula matemática para a felicidade. Ser feliz ou viver em paz com o mundo exterior é uma questão de escolha. Falando assim é tão simples... Para mim é um exercício diário, é como se fosse aquela atividade, não pra ter o corpo bonito, mas para ficar com o espírito leve e alma tranquila.  Felicidade e vida tranquila só existem em livros e contos.

Em outubro de 2013, minha mãe caiu e fraturou a bacia, mal se recuperou e foi diagnosticada com uma trombose acompanhada de outra fratura. Me questionava porque aquilo estava acontecendo. Ao invés de murmurar, passei a ouvir as pessoas do meu convívio, e descobri que cada uma tinha histórias de vida motivadoras e passavam por problemas bem maiores e não perdiam a capacidade de sorrir e enfrentar tudo com bom humor. Não aquele humor superficial, mas aquele que contagia e te encoraja a lutar contra um exército. Sabe aquele sorriso que não sai dos lábios, e sim do coração? O sorriso e a alegria eram tudo de mais valioso que essas pessoas podiam oferecer! Aquilo foi um banho de realidade e ensinamento. Cada pessoa tem sempre uma experiência mais dolorosa ou não que você, por isso RESPEITE!     

Chegar a essa conclusão não foi fácil. Penei e amarguei. Sempre com a ideia de injustiçada pelas circunstâncias. Nessas minhas conversas, descobri que o pai de uma amiga, em um único dia fez duas cirurgias de alto risco, e a avó materna havia enfrentado um câncer. Com esse exemplo, literalmente bem embaixo do meu nariz, vi que situações difíceis batem a porta de todos. O que muda é como se encara elas.

Gente, nem tudo que brilha e reluz, é ouro.  Do lado de fora tudo pode aparentar estar em perfeita ordem. Talvez uma pessoa próxima esteja enfrentando uma batalha monstruosa, e sofra calada, não por orgulho ou autossuficiência, mas porque estamos em um mundo tão individualista, que os problemas dos outros são realmente dos outros.  Não me interessa saber que o próximo passa! Já tenho tantos problemas e ainda vou saber de mais problemas? Se eu ficar sabendo não vai dar em nada mesmo!  

Adianta sim, ouvir alivia o coração e renova as forças daquele que vive o problema. Você externar uma palavra amiga, ou até mesmo nem dizer nada, vai fazer essa pessoa retomar a confiança pela vida. E quem sabe, as suas experiências ajudem a enfrentar aquela situação adversa e vê que a vida infelizmente tem dessas coisas. Vamos sair do casulo do individualismo e espalhar mais humanidade no mundo!  O bem feito ao teu próximo vai cair como luva lá na frente!  







MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO
SOBRE O BLOG

Olá! Bem vindo ao meu blog. Sou bacharel em direito e jornalista. Aqui vamos trocar experiências relacionadas ao cotidiano, e reflexões dos mais variados assuntos!



© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação