Juliana Medeiros

Reflexões

Os novos hábitos de vida

Publicado às 10/10/17 09h26         1587

Confesso que esse texto foi o mais difícil de trazer uma reflexão, porque foi ideia de um amigo que carinhosamente compartilhou comigo seu ponto de vista. Diante da responsabilidade, não quis fazer feio e maturei bastante os meus pensamentos.

Há alguns meses atrás ouvi que estamos na cultura da imposição. Achei interessante essa colocação. E quando meu amigo e leitor me deu esse tema, parti do seguinte ponto de vista: atualmente é imposto sutilmente, que devemos aderir um determinado veículo, usar aquela marca famosa, falar inúmeros idiomas, que viver estressado é normal, ser mal educado faz de você uma pessoa segura, dizer inúmeras vezes ao dia que não tem tempo, e trabalhar até morrer para se enquadrar no novo padrão da sociedade moderna. Se você não tiver e nem fizer nada disso, fica à margem do novo modelo.

O preocupante são os valores que estão por trás dessa nova cultura, e por parecer inofensiva absorvemos tal imposição... Tudo isso é vago e sem utilidade, estamos criando pessoas de personalidades vazias; e o pior de tudo, estamos colocando no mundo mais indivíduos egoístas. E depois se pergunta: o que está acontecendo com o mundo que anda tão hostil?

Milhares de pessoas são frustradas porque seguem à risca esse novo modelo de felicidade plena. No meu ponto de vista, muitas são doentias. Tudo na vida são reflexos de escolhas e batalhas diárias.  Precisamos atingir nossos projetos pessoais de vida, isso é saudável e nos motiva, mas é diferente de buscar a qualquer custo só pra satisfazer o externo, e se enquadrar num padrão que na maioria dos casos nem você mesmo se encaixa.

Não se cobre tanto. Se pode ser feliz pelo simples fato de respirar, ter amigos que estão contigo na hora do aperto, por ter saúde, saber olhar a olho nu as oportunidades é fundamental. Se você tem família aproveite melhor seu tempo com eles, se não tem aquele emprego dos sonhos, valorize aquele que lhe permite um salário no final do mês, é melhor viver bem do que frustrado e triste. Trace objetivos feitos por você, e não por imposições. A nossa passagem por aqui deve ser feita com maestria.

Espero meu amigo, que tenha cumprido de forma exitosa a missão! Abraços.







MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO
SOBRE O BLOG

Olá! Bem vindo ao meu blog. Sou bacharel em direito e jornalista. Aqui vamos trocar experiências relacionadas ao cotidiano, e reflexões dos mais variados assuntos!



© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação