Juliana Medeiros

Reflexões

Maturidade

Publicado às 27/10/17 18h14         899

Vasculhando o meu Facebook me deparei com a lembrança de um texto de 27 de outubro de 2014, no qual eu trazia meio que sem saber uma reflexão acerca da maturidade. A gente fala tanto nela, mas é complicado descobrir se já amadurecemos. Eu continuo me questionando, porque às vezes me acho tão imatura e pareço perdida diante dos conflitos externos e muito mais nos internos.

Um ano antes dessa postagem eu passei por um turbilhão de situações que foi da simples até a mais complexa. Tive que aprender, às duras custas, como sair delas e tomar decisões. Como costumo frisar aqui no blog, contei com a ajuda de pessoas muito generosas que dividiram experiências, ofereceram um ombro, me empurraram quando quis estagnar... Até mesmo porque na fase mais confusa busque bons exemplos, gente que te aconselha e acrescenta para o teu crescimento.

A maturidade é algo peculiar, mas com sensibilidade ela começa a fluir e aos poucos passa a ser perceptível aos olhos. Eu demorei a perceber; para esse processo surtir efeito é preciso se permitir a aprender com os erros, e buscar uma lição em cada situação difícil, ao invés de ficar chorando o leite derramado. A intenção era ajudar quem estava na mesma situação, por isso decidi postar pra você meu leitor querido. Vamos ao texto?

“Na minha humilde concepção, ser maduro vai muito além da idade. Está mais relacionada com as experiências vividas e do proveito que se tira delas! Sempre me perguntei quando descobriria se estava amadurecendo. O tempo tem esse dom de trazer respostas. Fui sentindo aos poucos mudanças na forma de encarar algumas situações. Comecei a perceber que ser maduro, é entender que terão dias ruins, e você precisa superar eles, em outros os seus planos não serão realizados, daí precisa olhar para outros horizontes, que nem sempre você será compreendido, e que a frustração é inevitável, que seu trabalho e esforço pouco será notado e reconhecido, e mesmo assim você deve executá-lo; os amigos nem sempre estarão por perto e nem por isso te esqueceram, e que as perdas e tragédias sempre vão acontecer, você esperando ou não. E que na mesma proporção que algumas pessoas saem do seu ciclo, outras chegam... Ser maduro é saber como se posicionar diante dos problemas e tirar lição deles, ainda por cima sorrir dos contratempos, e encarar tudo com bom humor, paciência e sabedoria”. 







MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO
SOBRE O BLOG

Olá! Bem vindo ao meu blog. Sou bacharel em direito e jornalista. Aqui vamos trocar experiências relacionadas ao cotidiano, e reflexões dos mais variados assuntos!



© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação