Blog

A Magreza nas Passarelas

Publicado às 23/05/17 10h44         6908

magra_passarela

E o assunto abordado hoje envolve glamour, polêmica e muito cuidado.

Não é de hoje que se aprendeu a cultuar a “Magreza”como ícone de beleza nas passarelas, criando  um verdadeiro império baseado na silhueta em forma de ampulheta, com seios e quadris bem delineados. E assim, começava a “super valorização” de adolescentes com dietas mirabolantes.

A “não aceitação” da  sua estrutura física e a obsessão  pelo dito “corpo perfeito” foram representados na mídia através de programas relatando o assunto  e até em  novelas, mostrando  doenças que poderiam ser provocadas pela busca ao “corpo perfeito”. Mas, no início dos anos 2000, o mundo da moda chegou a mudar temporariamente suas referências, buscando modelos com formas mais definidas. Um exemplo claro: foi em nomes como Gisele Bündchen, que  começou  a fazer sucesso com suas formas. 

O governo francês aprovou uma lei que visa lutar contra a magreza extrema que impera no mundo da moda. As modelos terão que apresentar um atestado médico provando que não estão desnutridas. As revistas ou agências que não respeitarem a lei poderão ser punidas com até seis meses de prisão e multa de € 75 mil.

Ufaa!!! Espera-se que outros países também adotem essa medida e que a saúde reine nas passarelas, incentivando jovens em todo mundo a aceitarem suas curvas e saírem por aí desfilando beleza e bem estar.





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO





ENQUETE
É possível quitar a maioria das dívidas com o décimo terceiro salário?



© 2013 - 2018. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação