Governo Fábio Gentil é amador e atabalhoado

08/08/17h00         2940

 

 

Tem hora que o governo municipal demonstra um amadorismo incompatível para uma gestão que tem como figuras de proa, digamos, pessoas “passadas na casca do alho”. A falta de habilidade tem sido a principal fonte das principais intempéries que se viu até agora. De tão amador, o governo tem se mostrado infantil. Mais atabalhoado impossível. Verdadeiro elefante em loja de cristais.

 

Vejamos, por exemplo, a “entrada” dos novos ônibus circulantes no transporte interurbano. De fato, Caxias há muito estava carente de um serviço de transporte coletivo minimamente decente. O problema é que o governo municipal - embora, repito, cheio de graduados passados na casca do alho - não fez uma transição palatável. A retirada dos micro-ônibus bem poderia ter sido menos traumática - o que teria gerado menos especulação e bafafá. É como se a prefeitura não tivesse se preparado para mudar o sistema. Faltou habilidade. Inclusive na formatação de uma licitação devidamente amparada pela legislação. Invés de fazer tudo como manda o figurino, a prefeitura optou por botar os ônibus da nova empresa na rua, para depois correr atrás de legalizar o serviço – daí porque, agora, terá 180 dias para parir uma licitação decente para o setor.

 

Aliás, licitação tem sido o principal gargalo de erros e contratempos do atual governo municipal. A comissão permanente de licitação montada pelo prefeito Fábio Gentil não dá uma dentro. Mais de 40 pregões presenciais teriam sido anulados por força de irregularidades apontadas pelo Ministério Público. É amadorismo demais para uma gestão de uma cidade do porte e importância de Caxias. Assim fica difícil.


Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.
MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO


© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação