Polícia

Homem mata mulher e a filha e tenta ocultar cadáveres no quintal de casa

09/10/17h27         4670

Antônio Bezerra de Jesus, 52 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (09), acusado de matar mãe e filha. O crime foi registrado no município de Codó.

A polícia chegou ao local através de uma denúncia anônima feita por vizinhos, que ouviram pedidos de socorro. Antonio recebeu voz de prisão no momento em que enterrava os corpos das vítimas, no quintal da sua casa.

De acordo com informações, o alvo seria apenas a mãe identificada como Maria Alves de Souza, 32 anos. Mãe e filha foram assassinadas a golpes de marreta.

“Eu peguei a marrêta e lasquei a marrêta na cabeça dela, matei ela”, confessa assassino frio de duas mulheres

Antonio Bezerra de Jesus, de 52 anos, disse ser natural de Codó e nunca ter dado qualquer trabalho à Polícia. Hoje, 9, pela manhã, disse ter ‘perdido a cabeça’ quando foi cobrar duas mulheres, à quem identificou somente pelos nomes de NAIA e LEURÍ. A mais velha, mãe da mais jovem, era seu alvo.

Ele disse à imprensa que a senhora vinha fazendo empréstimo usando o nome dele, 3 ao todo. Quando começaram a falar sobre este assunto na casa dele, na rua S. Silva, ele ficou agressivo e acabou matando a mulher mais velha com uma marrêta, depois, como a filha gritava demais, matou a jovem também e depois começou a cavar um buraco no quintal para se livrar dos corpos.

“Fez um empréstimo de 5 mil e pouco na minha conta, quase 6 mil, fez outro empréstimo de 2 e pouco, fez outro empréstimo de R$ 2.500,00 e é fazendo empréstimo aí chegou hoje cedo lá em casa…POR QUE O SENHOR NÃO DENUNCIOU ELA À POLÍCIA? rapaz, na hora eu não pensei nada, na hora eu peguei a marrêta e lasquei a marrêta na cabeça dela, matei ela. Aí a filha dela tava gritando demais eu lasquei a marreta na cabeça dela também…VOCÊ IA ENTERRAR NO QUINTAL? ia enterrar”. VEJA A ENTREVISTA

Polícia livra assassino de linchamento no bairro São Pedro

A PM foi acionada pela manhã por vizinhos  que ouviram gritos vindos desta casa na rua S. Silva, bairro São Pedro. Quando os militares chegaram duas mulheres já estavam mortas.

“e a gente tentou arrebentar o portão, mas até então não sabia se já tinha alguém morto, aí pediu pra alguém ir lá pelo fundo foi quando a gente constatou, pelo muro, que já tinha dois corpos já naquele corredor e foi o uso necessário, tivemos que usar algumas bombas pra ver se ele abria o portão, como não tivemos êxito foi preciso a gente arrombar o portão e efetuar o disparo, tiro de contenção, e efetuamos a prisão dele no interior da casa”, contou sargento Layres

Um grande número de pessoas se aglomerou em frente a residência enquanto até a polícia tentava entender o que levou Antonio Bezerra de Jesus, de 52 anos, a matar mãe e filha brutalmente. Na saída, a PM teve que usar até spray de  pimenta para afastar populares que chegaram a pedir para linchá-lo. VEJA A SAÍDA

“Não se pode brincar com a população, a população está bastante revoltada e a Polícia Militar foi obrigada a usar dos meios necessários para impedir que ele fosse linchado aqui em frente ao local do crime”, justificou o comandante do 17º BPM, tenente-coronel Jurandir de Sousa Braga.

Em sua defesa o assassino confesso disse que uma das vítimas, a quem identifica apenas pelo primeiro nome NAIA, a mãe, já tinha feito 3 empréstimos no nome dele sem que tivesse recebido um centavo sequer. Chamou-a para a casa onde mora e no momento de cobrá-la perdeu o controle matando-a a marretadas.

A filha, contou Antonio Bezerra à imprensa, começou a gritar e, por isso, ela que  nada tinha a ver com os tais empréstimos,  também foi  assassinada  com estes dois instrumentos apreendidos na casa – um cassetete e uma marreta. Depois disso, contou Rômulo Vasconcelos, um dos delegados que acompanharam a prisão, o indiciado, friamente,  ainda começou a cavar um buraco no quintal, pretendia se livrar dos corpos.

“E aqui ele resolveu matar essa senhora, com isso a filha também entrou na contenda, na briga e ele acabou matando também a filha. Arrastou o corpo também da sala para o quintal, entendeu? E lá ele tava cavando o buraco  pra enterrar os dois corpos”

 

 

 

Fonte: Direto da Redação, com informações e videos do Blog do Acelio





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO



ENQUETE
"Mandar nudes" em aplicativos de relacionamentos reforça a ideia de que vale tudo para conquistar alguém?



© 2013 - 2017. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação