Polícia

Mulher se joga do 2º andar do prédio para fugir de agressões do marido

12/01/18h18         454

Após se jogar do 2º andar do prédio onde mora em Manaus, mulher corre risco de ficar paraplégica. A vítima, de 23 anos, pulou para fugir das agressões do marido. O homem de 27 anos foi preso, mas liberado após pagar fiança.

O caso ocorreu no apartamento onde o casal morava na zona norte de Manaus. A vítima relatou à polícia que o marido brigava com ela por ciúmes e chegou a acusando de traição. Após fazer ameaças contra a jovem, bateu a cabeça dela contra a parede. A mulher também relatou que antes de pular estava sendo agredida.

De acordo com o portal de notícias G1, a delegada Débora Mafra, da delegacia da mulher, informou que o homem estava bêbado. Segundo o depoimento da vítima, ela aproveitou o momento em que o marido foi à cozinha para se jogar. Débora afirma que a jovem se jogou pois não queria morrer nas mãos do marido, e que minutos antes ele havia a ameaçado.

Quando o homem percebeu que a esposa estava caída do lado de fora do prédio, tentou arrastá-la para dentro do carro, mas foi impedido por moradores. A vítima foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada ao Pronto-Socorro Plantão Araújo.

De acordo com o G1, os médicos informaram que a mulher fraturou uma vértebra e corre risco de ficar paraplégica.

Fiança

O agressor foi preso pela polícia, mas pagou a fiança no valor de R$ 2,5 mil e foi solto. A delegada informou ao G1 que homem iria para audiência de custódia, mas como é um direito dele pagar a fiança arbitrada pela autoridade policial, a família custeou o valor e o liberou. Ele pode responder na Justiça por lesão corporal e injúria.

O homem já havia sido preso pelo mesmo motivo em 2014, após agredir a ex-companheira com uma faca de cozinha.



Fonte: O Povo





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO



ENQUETE
As redes sociais podem transformar o internauta em individualista?



© 2013 - 2018. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação