Polícia

Motociclista é preso após quase colidir com viatura da PRF e tentar fugir

13/06/18h00         1168

Na tarde desta terça-feira (12), às 12h10, um motociclista foi preso por policiais rodoviários federais que realizavam serviço de ronda na BR 316, instante em que ele transitava em sentido contrário e repentinamente invadiu a contramão de direção, quase colidindo frontalmente com a viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O fato ocorreu no km 432 da rodovia, no município de Peritoró (MA).

Segundo os policiais, foi necessário o condutor da viatura PRF desviar para o acostamento para evitar a colisão com a motocicleta. De imediato a equipe retornou e tentou abordar o veículo, que seguiu em alta velocidade, realizando ultrapassagens perigosas e entrou numa estrada vicinal, imprimindo fuga, quase atropelando estudantes que voltavam da escola e caminhavam pela estrada.

A equipe da PRF fez o acompanhamento tático por, aproximadamente, 3 quilômetro na perseguição, com giroflex e sirenes acionadas, até conseguir parar a motocicleta. E, ao ser feita a abordagem, o condutor informou que estava fugindo porque não tinha Carteira Nacional de Habilitação – CNH. Afirmando pensar que a viatura não iria conseguir alcançá-lo.

O motociclista também não apresentou nenhum documento pessoal ou da motocicleta. Sendo então conduzido para a Unidade Operacional da PRF de Peritoró, onde foi devidamente identificado como lavrador, de 21 anos, morador da região. A motocicleta, Honda/CG FAN ES, de cor vermelha e placas NWZ-8503/MA, foi recolhida para a Unidade Operacional e a ocorrência encaminhada para Delegacia de Polícia Civil daquele município.

Conforme a equipe de policiais da PRF, diante dos fatos, foram constatados, a princípio, os delitos de dirigir veículo automotor sem a devida habilitação e por gerar perigo de dano e desobediência.



Fonte: Direto da Redação, com informações da PRF/Caxias (MA)





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO



ENQUETE
Funk proibidão pode influenciar na educação de jovens e adultos?



© 2013 - 2018. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação