Maranhão

TJMA apoia campanha estadual de prevenção ao suicídio

10/09/2019 08h21         421

O Tribunal de Justiça do Maranhão – por meio da Unidade de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (UMF/TJMA) – apoia a campanha “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar!”, que será lançada nesta terça-feira (10), Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A abertura oficial do evento, que integra as ações do Setembro Amarelo, acontecerá às 8h, na Praça Nauro Machado.

A iniciativa é organizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) em parceria com o Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, composto por representantes de diversas instituições públicas e da sociedade civil, dentre elas o Judiciário maranhense, com o apoio de instituições privadas.

A campanha visa sensibilizar a sociedade maranhense sobre a importância e as formas de prevenção ao suicídio; informar acerca da realidade da temática no Estado, no país e no mundo; prevenir casos de automutilação e suicídio, principalmente entre o público jovem; e esclarecer sobre a existência de profissionais, espaços físicos institucionais e da sociedade civil, que prestam serviços de atendimento para pessoas que se encontram em estado de sofrimento psíquico agudo ou crônico.

A “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar!” foi idealizada pela promotora de Justiça Cristiane Maia Lago, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAOp-DH).

PROGRAMAÇÃO – Durante todo o dia, serão realizadas diversas atividades: apresentação de representantes e autoridades de instituições parceiras ou integrantes do Fórum; palestras; rodas de conversa; atendimentos de saúde; além de apresentações e atividades culturais e desportivas.

As ações serão realizadas na Praça Nauro Machado, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche e Centro Cultural e Educacional Mandingueiros do Amanhã. A programação tem início às 7h30, no estacionamento da Praia Grande, com o plantio de mudas de árvores.

Dentre as inúmeras atividades propostas, haverá o espaço Rodas de Conversa, no cinema do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, com a participação de profissionais da área jurídica, psicólogos, assistentes sociais, médicos, dentre outros.

O psicólogo do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Paulo Guilherme, será um dos palestrantes da roda de conversa “Acolhimento em Razão da Suicidabilidade e o Papel das Famílias na Prevenção ao Suicídio”, que acontecerá às 11h30, sob a organização do Instituto Ruy Palhano.

O encerramento do evento acontecerá às 17h, na Praça Nauro Machado, com a confraternização dos representantes dos órgãos participantes e show do cantor Marquinhos Leite.

FÓRUM – O Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio está em harmonia com os objetivos prescritos pela Lei nº 13.819, de 26 de abril de 2019, que institui a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

Contempla a promoção da articulação intersetorial para a prevenção do suicídio, envolvendo várias entidades públicas e da sociedade civil.

A Unidade de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Tribunal de Justiça do Maranhão (UMF/TJMA), sob a coordenação-geral do desembargador Froz Sobrinho, deu início às discussões sobre a tema, em 2016, durante a 1ª Semana de Prevenção ao Suicídio, organizada pelo TJMA.

O evento culminou com a assinatura de um Protocolo de Intenções, cujo objetivo foi criar uma rede solidária de trabalho de prevenção. No âmbito da Justiça maranhense, o representante no Fórum é o servidor da UMF, Paulo Guilherme Siqueira Rodrigues, analista judiciário – psicólogo, indicado pelo desembargador Froz Sobrinho.



Fonte: ASCOM





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO



ENQUETE
As Redes Sociais estão servindo como canal de desavenças políticas?



© 2013 - 2019. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação