Educação

Escolas Estaduais elaboram plano de estudos durante a quarentena

08/04/2020 15h35         640

Agenda Semanal de Estudos facilita o acompanhamento das aulas (Foto: Divulgação)

Escolas da rede estadual têm ofertado guia de estudos para auxiliar os alunos durante o período de isolamento social, forma mais eficaz, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de conter a proliferação do coronavírus (Covid-19).

Um bom exemplo de auxílio aos estudantes vem do Centro Educa Mais Deputado Remy Soares, localizado no município de Presidente Dutra.

A agenda semanal de estudos, desenvolvida pela escola, consiste em um plano personalizado por turma e contém informações essenciais para orientação dos estudantes que estão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e, especialmente, àqueles que não têm acesso à plataforma de ensino. Na agenda, estão disponibilizados o horário de estudos e acompanhamento dos professores por sala; conteúdos a serem estudados, páginas dos livros didáticos, adotados pela escola, que atende 100% dos estudantes, entre outras informações.

A estudante do 2º ano do Centro Educa Mais Deputado Remy Soares, Iara Noleto, destacou a importância da iniciativa da escola. “A agenda é muito importante pelo fato de ajudar a termos um melhor acesso e desenvolvimento dos conteúdos que serão aplicados na plataforma virtual. Uma boa ideia foi a exposição dos conteúdos com antecedência”, ressaltou.

Heulálya Alves, também do 2º ano, acredita que a iniciativa contribui para manter a atenção nas atividades e revela que o monitoramento dos pais pode auxiliar na apreensão dos conhecimentos. “Eu acredito que essa ferramenta nos ajuda a focar mais em nossos estudos e, com o acompanhamento dos pais, pode ajudar inclusive no desempenho pessoal”, apontou.

A utilização do WhatsApp para o compartilhamento de informações diárias sobre as atividades não presenciais facilitou o contato por se tratar de uma ferramenta popular. A escola criou grupo por turma, grupo de líderes, grupo dos pais/mães e responsáveis, de forma que todas as informações planejadas pela equipe escolar foram imediatamente compartilhadas.

“Eu acredito que serve, sobretudo, como monitoramento e apoio dos pais, uma vez que esse período de atividades não presenciais tem suas peculiaridades. Os pais, com a Agenda Semanal de Estudos, podem monitorá-los e estimulá-los”, argumentou Jarrier Rangel Almeida, professor de Língua Portuguesa.

A escola utilizou ainda outras ferramentas como o AVA, aderiu ao Google Sala de Aula (Google Classroom), onde cada estudante tem acesso a uma sala de aula por disciplina da sua série. É possível compartilhar documentos, links, vídeo aulas, e orientar os estudantes em suas atividades. Na primeira semana, a escola teve adesão de 85% dos estudantes e com a necessidade de atendimento aos outros 15%, o que resultou na criação da Agenda Semanal de Estudos. 

O gestor Geral do Centro Educa Mais, Rafael Gonçalves Lima Teixeira, explicou o porquê da iniciativa estar dando certo. “Nossa experiência vêm se mostrando exitosa, uma vez que teve grande aprovação por parte dos professores, estudantes e pais. Esperamos, com ela, colher bons resultados com a continuação da oferta de uma educação de qualidade com a proposição de atividades não presenciais”, alegou.

O gestor escolar falou ainda sobre as necessidades de adaptações exigidas pelo momento atual. “É um período de dificuldades e que temos que nos reinventar. Mas essa já é a essência do fazer pedagógico, sempre se reinventar, se adaptar aos diferentes momentos e realidade dos estudantes. Compreendemos que as ações de distanciamento social são extremamente necessárias como forma de preservar nosso bem maior que é a vida. Por isso, não poupamos esforços no sentido de buscar meios para subsidiar os estudantes de forma consistente e eficaz”, concluiu.

FONTE: ASCOM





Veja outras notícias em portalsinalverde.com Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 98813-0035.

MAIS NOTÍCIAS


COMENTÁRIO



ENQUETE
O dito "novo normal" pode influenciar nas celebrações de fim de ano?



© 2013 - 2020. Todos os direitos reservados - Sistema Sinal Verde de Comunicação