O governador Flavio Dino concedeu entrevista virtual nesta sexta-feira (29) para falar sobre as medidas que serão adotadas a partir de 1° de junho.

Ele informou que a lista das atividades econômicas que vão retomar ao trabalho consta em uma portaria da Casa Civil. Apesar de não detalhar os setores, adiantou que shoppings e academias vão permanecer fechados.

“Elas ainda não estão ainda autorizadas pelo Governo do Estado para abrirem imediatamente, já na segunda-feira, por razões óbvias. Nós consideramos que o risco sanitário é maior, ambientes fechados, intensidade de pessoas, dificuldades de manutenção de medidas preventivas. É claro que nós estamos discutindo protocolos e faço questão de sempre lembrar: esta é a orientação do Governo do Estado”, afirmou.

Esta semana, empresas familiares abriram as portas seguindo regras sanitárias que, segundo o governador, serão mantidas. Há casos confirmados do novo coronavírus em 211 dos 217 municípios maranhenses, número que já chega a mais de 30 mil infectados. Um novo decreto também foi publicado com medidas de distanciamento para a reabertura das escolas, que inclui diminuição da quantidade de alunos nas salas e retomada gradual a partir do dia 15 de junho.

Para dar conta da demanda de pacientes, o governador anunciou que ações para abertura de vagas continuam; dez obras de hospitais estão em andamento. Para a região metropolitana, por exemplo, o governador pretende entregar até o próximo domingo (31) a Unidade de Pronto Atendimento do Maiobão.